Crime disse ele!

Li, na passada semana, dois artigos que me deixaram algo incomodado, ambos no Jornal A BOLA.

O primeiro da autoria desse grande sapiente do mundo do futebol, o Sr. Miguel Sousa Tavares, que nos dava conta que “Javi Garcia pratica o futebol mais sujo do Campeonato Português”. Atenção que este mesmo senhor já havia dito anteriormente que “Witsel é um carniceiro”.

Dito assim, até parece que o Miguel não percebe nada de bola, ou então que é cego, ou ainda que não vê os jogos do Benfica para não cair em tentação de mudar de clube. A apostar eu apostaria certamente na segunda hipótese, uma vez que Miguel é daquelas pessoas que jura a pés juntos que nunca viu o Bruno Alves dar um pontapé num adversário.

Dizer que Javi Garcia é o jogador mais sujo do campeonato é não saber pôr o “clubismo” de lado e reconhecer que Javi é, isso sim, não só o melhor médio defensivo a jogar em Portugal, como o mais culto do ponto de vista do domínio técnico-táctico do jogo.

Um pouco mais grave é afirmar que Witsel é um carniceiro.

Um carniceiro?!

Rui Costa foi um dos meus jogadores preferidos do S.L. Benfica, e há já muito tempo que não via um jogador tão completo como ele. Com um estilo de acariciar a bola tão próximo ao seu. Rui Costa foi aclamado como um dos melhores médios de sempre do futebol mundial. Witsel seguramente vai seguir-lhe as pegadas. Chamar-lhe cruamente carniceiro só porque há uns anos atrás, num lance de pura infelicidade, partiu a perna a um jogador de outra equipa? O que dizer então de Jorge Costa, Paulinho Santos, André, Frasco, Fernando Mendes, Mário Silva, Pedro Emanuel, Pepe, ou os casos mais recentes de Fucile, Bruno Alves, Stepanov, Kazmierczak, Fernando, ou Álvaro “Palito” Pereira? Provavelmente Miguel dirá, com um sorriso de criança que “são belíssimos jogadores”.

Miguel Sousa Tavares está para o futebol como eu estou para o croché. Não faço croché e o mundo dos acolchoados agradece. Está na hora de Miguel Sousa Tavares deixar que o mundo do futebol lhe agradeça.

Outro comentário que me provocou alguma urticaria foi o de Eduardo Barroso, ao dizer que “no campeonato da verdade o Sporting vai em primeiro”.

Eduardo, permita-me discordar. O Sporting nesta altura vai em 4º, e com muita sorte. Acho estranho falar-se de jogadores importantes na reviravolta de uma equipa moribunda, quando importante tem sido o “ranço” que o Sporting tem tido neste primeiro terço do campeonato.

Para terminar, apenas uma nota para Paulo Bento que sofre 3 golos dessa grande potência do futebol que é a Islândia, e que deixa de fora da convocatória defesas como Bosingwa mesmo depois de ter perdido o Sílvio por lesão. Ficou mais uma vez provado que o Rolando não é jogador para Portugal e que Eliseu é bom do meio-campo para a frente, mas que não deve ser considerado como alternativa para defesa-lateral esquerdo. Tivemos ainda o “caso quisto” que afastou o Danny do jogo e o segundo capítulo do “caso Carvalho”, (será que Carvalho não tem mesmo lugar nesta equipa?!). Ou muito me engano ou as vozes que prometiam acabar com as invenções, os compadrios e os casos mal explicados no seio da selecção estão a ficar cada vez mais fracas, não é Paulinho?

HBarreiros

Anúncios

2 thoughts on “Crime disse ele!

  1. Carlos Calejo diz:

    Em Portugal, infelizmente, não é preciso saber de futebol para ser comentador…

  2. Alexandre Rosa diz:

    Sou da mesma opinião do Carlos. Acho que esses senhores não deviam ser comentadores desportivos. A avaliar pelos seus clubes, bem se vê que não percebem nada de futebol. Hehehehe! Abraços!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: