Sporting – Manchester Vicente

Depois de eliminar o Manchester City com uma exibição de gala, o Sporting foi a Barcelos e veio de lá com 2 galos…

Dá que pensar.

Onde pára o Super-Sporting que parecia ter renascido?

Hoje, todos os jornais referiam a garra do Sporting, e as garras afiadas que devorariam o galo, mas afinal foi o (Rodrigo) Galo que “papou” o leão.

Os adeptos estavam em estado de euforia tal que até recebi mensagens de amigos meus a convidarem-me para ver o jogo com o Gil.

Tal como eles, quem não deveria estar à espera desta derrota é um conhecido médico da nossa praça, a avaliar pelo grau de irritabilidade que apresentou no programa da TVI24…

Ouvi, já esta noite, Eduardo Barroso dizer:

– “Não vamos falar deste jogo. Este jogo conta para o 5º ou 6º lugar! Falemos antes da jornada grandiosa de Manchester, onde o Sporting venceu uma das equipas mais poderosas do mundo!”

Duas correcções:

1- O mesmo Eduardo Barroso diz várias vezes que o Benfica está agarrado ao passado… É impressão minha ou o Eduardo já se está a agarrar a um passado… de uma semana?!

2- O Sporting não venceu o City em Manchester… Perdeu (se bem me lembro), mas os adeptos festejaram a derrota como se tivessem goleado… Isto é que deve ter confundido o Eduardo…

Já que têm tanta experiência em festejar derrotas, os adeptos leoninos devem estar tão satisfeitos que vão esperar a equipa à porta do estádio.

A verdade é que neste momento o Gil Vicente foi o melhor que aconteceu ao Sporting… Pode ter-lhes valido (pelo menos), uma eliminatória da Liga Europa… Ao perder com a equipa de Barcelos os níveis de humildade desceram ao nível base.

Pode ser que assim encarem a eliminatória com o Metalist como um pouco menos que ganha antes sequer de ser jogada.

HBarreiros

Anúncios

4 thoughts on “Sporting – Manchester Vicente

  1. Sporting-Manchester Vicente… LOL

    O árbitro ontem não explica tudo… Mas, como dizes, depois de terem vencido o campeonato, hmmm…, desculpa…, passsarem a eleminatória com o City esqueceram-se que a temporada não acabou.

    • slbenfas diz:

      A verdade é que as equipas desculpam-se muito com os árbitros… para esconder algumas incapacidades.

      Mesmo o nosso Benfas…

      E foquei isso por diversas vezes.

      No jogo com o Porto podiamos ter ganho a brincar, apesar da mão do proença emporrar para o outro lado, podiamos ter ganho!

      Vamos ver hoje!

      Carrega Benfica!

  2. Caro Hugo, estranho não ver referido aqui a “Paixão” que foi a arbitragem deste jogo! Essa mesma “Paixão” que já fez ao Glorioso perder alguns pontos, e que se bem me recordo foi a mesma que teve “Paixão” pelo porto semanas atrás!!
    “A Paixão segundo Bruno” é um filme que já cansei de ver e rever e, por sinal, eu nem católico sou!!!

    • slbenfas diz:

      Viva Alfredo. Sim, é verdade. Paixão esteve mal ao assinalar grande penalidade na mão de Schaars, que é fora da área… mas é mão e amarelo (ainda que seja fora da área). Depois, a mão do J. Pereira, que é mão e dentro da área… nada a dizer. A expulsão do Schaars, com o 2º amarelo depende do critério do “Paixão”… É falta? É! É para amarelo? Na minha opinião… é. E ainda que tenha havido erros aqui e ali, não se pode culpar o Paixão pela derrota do Sporting, da mesma forma que não se pode culpar Proença pela derrota do Benfica contra o Porto. A “Paixão de Bruno” é um filme que se repete dias e dias sem fim nos relvados portugueses. Mas mais grave que isso, é a nomeação de um árbitro do Porto para apitar uma meia-final de uma competição entre uma equipa de Lisboa e outra do… Porto… Um abraço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: