Sporting 1; Benfica 0 (10 verdades e 5 imagens do jogo)

Verdade 1 – Com este resultado o “Adeus” ao título torna-se uma realidade quase incontornável.

Verdade 2 – Quando já na 2ª volta se tem 5 pontos de vantagem (com ou sem roubalheiras), não se pode perder um campeonato.

Verdade 3 – Defendo que Jesus deve continuar no Benfica, mas deverá também ser responsabilizado (e ter as orelhas bem puxadas), por algumas birras que nos podem ter custado bem caro. Capdevila não pode ser suplente de Emerson. Não pode. Não é por ser Campeão do Mundo e da Europa, é porque é MELHOR! Não acredito que Jesus (que percebe bem mais de futebol que eu), não veja isso.

Verdade 4 – A equipa chega a esta altura da época de rastos. As lesões que fustigam o plantel são a imagem disso mesmo. Os ciclos de forma deverão, na próxima época ser revistos. Isto é uma constante nas equipas orientadas por Jesus. Despeçam o preparador físico. Por muito amigo do treinador que ele seja.

Imagem 12 minutos de jogo, Gaitán entra na área e Polga rasteira-o. Artur Soares Dias marca canto. Polga fica tão “à rasca” que sai daquela zona a correr. Canto? Enganou-se. Era pontapé-de-baliza. Estava desatento o Sr. Árbitro… O jogo (e a verdade desportiva), poderá ter ficado por aqui.

Verdade 5 – João Pereira deveria ter sido expulso em vários momentos do jogo, com vermelho directo (agressão a Gaitán, pisando-o depois do argentino estar no chão), ou por acumulação de amarelos em tantos momentos diferentes do jogo, quer por protestos quer por faltas sucessivas. João Pereira conseguiu a proeza de acabar o jogo sem ser expulso. Caso saia de Alvalade, como se fala, vou gostar de ver o pequenito a jogar noutro campeonato… ou a não jogar, por estar sempre castigado…

Imagem 2 – Luisão toca em Wolfswinkel, o holandês cai. Artur Soares Dias, desta vez estava atento e não marca canto… Assinala grande penalidade…

Verdade 6 – Com o golo do Sporting o Benfica perdeu-se e não mais se encontrou. O Sporting soube aproveitar o desnorte da equipa da Luz e só não marcou mais 2 ou 3 porque o Wolfswinkel não é… Liedson.

Imagem 3 – Penalty de Izmailov sobre Luisão. (Reparem onde está Artur Soares Dias), o árbitro da Associação de Futebol do Porto estava desatento e não viu… Mas estava a olhar para lá… Mas não viu… Mas estava a olhar… Enfim…

Verdade 7 – Mais uma vez chamo à atenção para o facto de num jogo de extrema importância para o Benfica o árbitro ser da cidade do Porto… Coicindências…

Verdede 8 – O Benfica entra na segunda parte a tentar redimir-se da atitude mostrada na primeira parte do encontro. Os defesas do Sporting foram resolvendo a questão e o Benfica começou a perder discernimento.

Imagem 4 – Yannick Djaló tenta chegar a uma bola dividida no limite interior da área do Sporting. Rui Patrício, como se vê na imagem, está tão concentrado em acertar na bola… que só tem olhos para Djaló. Artur Soares Dias não viu nada de anormal…

Verdade 9 – Se o Sporting jogasse sempre assim estaria na luta pelo título…

Imagem 5 – No fim do jogo a festa de jogadores e adeptos foi tão grande que cheguei a interrogar-me se teria o Sporting ganho algo mais do que um jogo do campeonato e os 3 pontos correspondentes. Depois percebi a razão da festa. Tinham ultrapassado o Marítimo na classificação!

Verdade 10 – O Sporting (que perdeu com o V. Setúbal há duas ou três semanas atrás), foi neste jogo muito superior ao Benfica (que a meio da semana bateu o pé ao Chelsea). Os jogos só se ganham durante os 90 minutos… Luisão jogou (?) inferiorizado (sempre com medo de rasgar), Emerson voltou ao lado esquerdo e às exibições paupérrimas, Garay não tinha (nem podia ter), ritmo de jogo para aguentar uma partida desta intensidade, a defesa foi muito pouco pressionante, dando espaço (e tempo), ao Sporting para pensar as jogadas, criando perigo de cada vez que se apróximava da área encarnada, levámos um baile… e o Benfica voltou a ver um campeonato fugir-lhe entre os dedos…

HBarreiros

Anúncios

5 thoughts on “Sporting 1; Benfica 0 (10 verdades e 5 imagens do jogo)

  1. Filipe diz:

    Olá Hugo.

    Eu concordaria com a continuidade de JJ nessas condições, mas pensava o mesmo no final da época anterior. Durante o primeiro terço da época, apesar da teimosia Emerson, estava mesmo crente que as coisas tinham mudado, mas infelizmente, acabamos esta época como a última… Ou seja, se houve puxão de orelhas, não deu o devido resultado. E sinceramente, começa-me a faltar paciência para mais tentativas. E é pena… Pois JJ, tivesse mais humildade, seria treinador para o Benfica durante muitos anos!

  2. Filipe diz:

    PS: enganei-me: queria dizer “durante os dois primeiros terços…”

    • slbenfas diz:

      Sim Filipe, mas a minha memória não pode ser curta ao ponto de esquecer que antes do “Jota” a esta altura estariamos a 10 ou mais pontos do Porto. Sim, podiamos (deviamos), ter ganho este campeonato e as birras dele deitaram tudo a perder… mas ainda assim…

      Ates dele tivemos treinadores de nome mundial:

      – Paulo Autuori
      – Graeme Souness
      – Juup Heynkes
      – J. A. Camacho
      – Ronald Koeman
      – Quique Flores

      Portugueses:

      – Artur Jorge
      – Mario Wilson
      – Toni
      – Manuel José
      – Jesualdo Ferreira
      – Fernando Santos

      Até o José Mourinho (embora tivesse saido antes do tempo, saiu com a equipa no 3º lugar, depois de ter levado 3 ou 4 do Maritimo).

      Quantos fizeram o Benfica jogar como joga agora? Tem deficiencias? TEM MUITAS! Mas há melhor?

      Um grande abraço

      HBarreiros

      • Filipe diz:

        Tens razão, mas muitos desses estiveram na nossa fase negra…

        E dos que estiveram após a queda de Vale e Azevedo, JJ foi quem dispôs, de longe, de melhor plantel. E isso é um facto.

        Como disse atrás, não quero aqui dizer se ele deve ou não ficar. Darei a minha opinião sobre isso quando a época acabar. E também como disse atrás, a forma como o Benfica tem jogado estes últimos anos tem-me enchido de orgulho! Mas também de muita desilusão. Desilusão a mais, que com alguns desses treinadores atrás, com as condições actuais, talvez não tivesse existido. Talvez. JJ, tivesse sido mais humilde, teria ganho o campeonato este ano nas calmas.

        ab

      • slbenfas diz:

        Tens razão, é verdade que lhe falta MUITA humildade.
        Caso ele não fosse um “birras” tinha ganho o campeonato a brincar.
        Às vezes penso o que fariam esses treinadores com este plantel e esta estabilidade…
        Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: