Category Archives: Ex-treinadores

Vergonha Nacional

Vergonha Nacional

O que se passa em portugal e nitidamente um embuste…

Todos os adeptos de futebol (de todos os clubes) sabem o que se passa,sabem que joguem bem ou joguem mal serão sempre prejudicados na hora da verdade.

Ate ai tudo normal ou não sejamos nos simples amantes da modalidade,o que irrita e que não haja ninguém com cargos importantes que mande investigar ou que se pronuncie sobre este roubo…

O que vejo e que não estão interessados em faze-lo pois devem ganhar com isso…afinal em 30 anos muitos devem ter enriquecido com isso.

valha-nos este senhor que tem lutado contra o sistema.

 

http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=846771

Anúncios

Morreu Csernai

Morreu o antigo treinador do Benfica Pál Csernai, aos 80 anos, vítima de doença prolongada.
csernai
O húngaro comandou o SLBENFAS na temporada 1984/85, sucedendo ao sueco Sven-Goran Eriksson, e conquistou a Taça de Portugal, ao derrotar na final o FC Porto, por 3-1.
Além do troféu conquistado em Portugal, Csernai conquistou dois campeonatos alemães pelo Bayern de Munique, que levou à final da Taça dos Campeões Europeus em 1982, perdendo frente ao Aston Villa.
HBBARREIROS

O grande professor Jesualdo

Encontrei isto no Sporting Comédia de Portugal (https://www.facebook.com/SportingComediaDePortugal)…

scp

Na verdade até me tinha esquecido da proeza do professor no Sporting… verde.

Mas agora que penso nisso, Jesualdo e as taças têm uma relação de afastamento.

Não me esquecerei da vergonha que foi ver o Benfica eliminado pelo Gondomar na Luz. Sentimento que contrastou com a alegria que senti quando o Atlético foi às Antas eliminar o Porto…

Jesualdo não se dá bem com Taças e esta foi a maneira que arranjou para ter a certeza que não cai aos pés de nenhuma equipa ridícula.

HBBARREIROS

Mourinho e Jupp Heynckes… o que têm em comum?

Mourinho e Jupp Heynckes têm algumas coisas em comum…

Ambos venceram a Liga dos Campeões.

Ambos treinaram o Real Madrid.

Ambos treinaram o Benfica… e foram despedidos…

Heynckes após treinar o Benfica, foi para Bilbau, treinar o Athletic, depois regressou à Alemanha onde orientou o Shalke 04 antes de rumar a casa e ao “seu” Borussia Mönchengladbach, para depois recomeçar a ascensão treinando o Bayer Leverkusen  e o Bayern München.

Mourinho, por sua vez, após ter deixado o Benfica (despedido por ter pedido uma prolongação de contrato), foi para a U. Leiria (onde, no campeonato seguinte, ficou em 5º lugar, à frente do Benfica), Porto (onde ganhou a Champions e a Liga Europa, para além de ser 2 vezes Campeão Português, ganhar uma Taça de Portugal e uma Supertaça), Chelsea (2 vezes Campeão inglês, 1 Supertaça, 1 Taça de Inglaterra, 2 Taças da Liga), Inter Milão (1 Champions League, 1 vez Campeão Italiano, 1 Taça de Itália, 1 Taça da Liga, 1 Supertaça) e Real Madrid (1 Taça do Rey).

Ambos foram vítimas de planteis que não acompanhavam as suas qualidades de treinadores…

E assim perdemos a glória…

HBarreiros

Sven-Goran Eriksson ainda é um de nós!

Eriksson ainda é um de nós. Ainda sofre com o Benfica, ainda vibra com os golos, em suma, ainda é Benfiquista.

Deixou o Benfica em 1992 mas continua a seguir com atenção tudo o que diz respeito ao clube da Luz. O treinador sueco aplaude o crescimento das águias nos últimos anos e elogia o trabalho de Jorge Jesus no comando da equipa encarnada.

“O Benfica cresceu muito durante os últimos anos e tem uma reputação muito vincada e forte na Europa e no Mundo. Isso sente-se bastante além-fronteiras e é justo que assim aconteça, porque, reforço, o Benfica é um grandíssimo clube“, afirmou Eriksson, 64 anos, em entrevista concedida ao jornal O Benfica.

Engraçado, o facto de ter que vir uma pessoa “de fora” com uma grande reputação para nos apercebermos que realmente o Benfica cresceu muito nestes últimos anos… A ver se se calam de uma vez por todas os separatistas que apregoam a desgraça.

De visita a Lisboa para gravar um documentário sobre o futebol inglês no Estádio da Luz, Eriksson comentou o momento do SLBENFAS.

A verdade é que o Benfica joga bom futebol. É uma equipa que tecnicamente é muito forte, tem bons jogadores e uma boa organização“, descreveu, destacando o trabalho de Jorge Jesus no comando da equipa encarnada: “O actual treinador tem feito um bom trabalho e fico contente, sendo benfiquista, que o Benfica possa sair sempre vencedor e que jogue bem na Europa“.

Ao ler estas palavras, quem, sendo Benfiquista, não gostaria de ver Eriksson no interior da estrutura do Sport Lisboa e Benfica?

Nesta entrevista houve ainda palavras de apreço para os adeptos encarnados: “É sempre bom estar em Portugal e o Benfica é o Benfica. É um grande clube e de todos os adeptos benfiquistas. Sim, claro, os sócios e adeptos estão sempre no meu coração“.

Os adeptos, em verdade se diga, também não esquecem Eriksson… Um de nós!

HBarreiros